Mercados operam cautelosos na espera pelo Fed

Por: Gustavo Kahil
30/10/07 - 08h57
InfoMoney

SÃO PAULO - O Banco Central norte-americano (Federal Reserve) inicia nesta terça-feira (30) a reunião de política monetária de dois dias que deve decidir, segundo a expectativa do mercado, por um corte de 25 pontos-base na taxa básica de juro.

O movimento já é chamado de "segundo empurrão" ao mercado, como avaliam os analistas do banco Banif em relatório. Em seu último encontro, o Fed optou por reduzir o juro no país em 50 pontos-base, surpreendendo os investidores.

Enquanto isso, os investidores seguem atentos à temporada de resultados nos EUA e também na Europa. O destaque desta sessão fica com a publicação do balanço trimestral do banco suíço UBS, que já vinha alertando para a possibilidade de registrar expressivas perdas.

O banco anunciou um prejuízo de 830 milhões de francos suíços, sendo o primeiro trimestre de perdas em quase cinco anos. O resultado negativo ficou acima das projeções traçadas pela companhia, assim como das expectativas do mercado, que giravam em torno de um prejuízo de 683 milhões de francos.

Perspectivas
Com isso, as principais bolsas européias operam em queda nesta sessão. Nos EUA, as negociações dos mercados futuros indicam uma abertura sem tendência definida. Na Ásia, o índice Nikkei da bolsa de Tóquio encerrou em baixa de 0,28%.

"Caso o Fed reduza a taxa de juros básica, isto realmente ajudará os mercados. Contudo, se não reduzir, também pode ser bem visto, pois fica novamente a sensação de que "o pior já passou" e que o Fed não precisa mais "ajudar" o mercado", dizem os analistas da Itaú Corretora.

Para os analistas, o mercado pode atingir os 66 mil pontos ainda nesta semana. A agenda, contudo, é cheia até a sexta-feira. Além da reunião do Fed, o mercado conhecerá a revisão do PIB (Produto Interno Bruto) dos EUA no 3º trimestre e o Relatório de Emprego de outubro.

Esta semana promete...
É aguardar e ver.
Um grande abraço a todos
Bon$ Rendimento$

Cristiano Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas